Dicas para disfarçar a calvície

 

1 – Tente não usar um secador de cabelo que esteja muito quente – Usar o secador em sua temperatura máxima provavelmente pode partir o seu cabelo. Procure usar um ar totalmente quente ou pode ser em uma temperatura intermédia, para que possa evitar danificar seu cabelo.

 

2 – Corte o cabelo de uma forma regular – Para quem sofre bastante de queda de cabelo este conselho pode parecer bastante estranho, mas a verdade é vários especialistas indicam que sempre devemos cortar o cabelo de uma forma bem regular. Cortar o seu cabelo em cada 3 meses mais ou menos evita que os fios se abram.

 

3 – Faça Penteados:

 

Quaisquer penteados, quando estiverem muito apertados podem danificar totalmente a fibra capilar e causar bastante a queda de cabelo.

4 – Doença autoimune:

 

É aquela que faz com que seu cabelo caia de uma hora para outras, deixando pelada apenas uma área do tamanho de 1 moeda de um real. Ela ocorre exatamente porque o organismo desenvolve bastante anticorpos contra todo o bulbo capilar, que por assim dizer deixa de produzir diversos fios. As vítimas regulares têm entre 15 e 29 anos.
Excesso de gordura, cafeína, açúcar e álcool: podem aumentar a chance de ter bastante caspa e produzir muito mais radicais livres, esses fatores juntos aceleram bastante o envelhecimento do seu cabelo, deixando-o bastante quebradiço.

 

Causas
As causas para esses problemas geralmente são diversas, se essa queda de cabelo é um problema bastante frequente, que vêm acontecendo cerca de 2 semanas e se intensificando o melhor é de imediato procurar por um bom profissional que possa investigar isso a fundo o verdadeiro motivo.

Pesquisamos algumas das principais causas comuns para esse problema, fique atento (a):

 

– Genética e vários fatores hormonais:

 

Os 2 fatores que podem levar à alopecia androgenética, a famosa calvície. Esses são dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar apontam exatamente que cerca de 25% de todas as brasileiras entre 35 e 40 anos de idade apresentam ou futuramente vão apresentar algum grau de uma certa calvície – os fios vão rareando primeiramente na parte de cima de sua cabeça, na região da testa, e, dependendo do seu estágio, chega a dar também para ver o seu couro cabeludo.

 

– Stress, anemia, dieta, alterações na tireoide pobre em proteína:

 

Esses diversos problemas representam a 2º maior causa de uma queda capilar. Os fios então pulam da fase de crescimento então para a de repouso, e então antecipa a queda.
Solução Alternativa… Mas, infelizmente cara!
O implante capilar hoje em dia é visto como uma solução bem mais rápida, mas é uma solução bastante cara que não está basicamente ao alcance de todas as várias pessoas. Além disso, o famoso implante capilar pode ser bastante doloroso e não apresenta uma grande taxa de eficácia de 100%.

 

Se você sofre de queda de cabelo bastante acentuada ou até mesmo de calvície, deve procurar um bom dermatologista, que vai procurar determinar qual será a causa do problema e qual é o melhor tratamento para essa sua situação específica. Mas, já posso adiantar para você caro leitor que um dos melhores medicamentos para combater a diabetes é o  finasteride.

Conheça tudo sobre as estrias

Estrias são marcas aquelas marcas avermelhadas ou até mesmo esbranquiçadas que aparecem na sua pele devido a várias alterações em seu organismo e que podem também apresentar diferentes intensidades em sua pele. O problema que atinge diversas mulheres mais do que os homens e costuma afetar principalmente as regiões das coxas, bumbum , abdômen, seios.

 

Causas

As marcas das estrias se formam quando há uma grande sobrecarga na capacidade elástica de sua pele, que promove um grande rompimento das suas fibras colágenas, originando as famosas estrias. Os principais fatores que tendem a causar este processo são:

Ganho de peso em excesso
Uso de corticoide tópico ou até mesmo oral
Gestação
Várias Alterações hormonais

Veja algumas técnicas para acabar com as estrias de vez:

 

Dermaroller

O que é: É simplesmente um rolinho com algumas agulhas finas que é passado sobre a sua pele, causando algumas microlesões e dando então início a uma reação de total reparo nesses ‘‘machucadinhos”. Então, tende a estimula-se a ação dos vários fibroblastos, que produzem bem mais colágeno e elastina a fim de que possa restaurar a sua pele”, diz a famosa dermatologista Juliana Carnevale. Um creme anestésico é bastante usado e a pele fica bastante avermelhada em cerca de 2 a 3 dias. Quem tem a tendência a aqueles famosos queloides e cicatrizes hipertróficas nunca deve fazer.

 

estrias tratamento

 

Cuidados pós-procedimento: Evitar o sol por pelo menos 1 semana.

Tipo de pele: Segundo a médica, o microagulhamento que é usado pode ser feito em qualquer tipo de pele, sem risco de causar manchas.

Número de sessões que você vai precisar: Cerca de 2 a 4, com intervalo de no mínimo 8 semanas.

Preço médio por sessão: Fica na faixa de R$ 400 a R$ 800.

 

Accent Legato

O que é: É um aparelho a laser que faz aqueles microfurinhos invisíveis em sua pele. “A partir deles então são introduzidos na derme os ativos responsáveis por regeneradores de colágeno por uma ponteira de um ultra-som que simplesmente os ‘empurra’ para dentro”, explica o dermatologista da Clínica Volpe (SP), Jardis Volpe. Com isso, então o colágeno é bastante estimulado, diminuindo a profundidade e também a largura dela. É necessário o uso de um creme anestésico. A pele fica bastante avermelhada por média 72 horas, depois, podem aparecer diversos furinhos, mas sem a formação de crosta. essa é uma das formas descobertas de  como acabar com as estrias.

 

Cuidados pós-procedimento: Deve Evitar o sol durante exatamente todo o tratamento.

Tipo de pele: Pode ser geralmente aplicado em qualquer tipo de pele e também é, especialmente, indicado para as peles morenas e negras. Isso é devido sua tecnologia não depender da melanina para agir em sua pele(diferentemente dos outros tipos de lasers).

Número de sessões: Entre 4 a 6, com intervalo na média de 3 a 4 semanas.

Preço médio por sessão: R$ 1.500.

Tratamento para Diabetes Tipo 2 – 4 Dicas para Controlar a Glicemia

diabetes tratamento

Eliminar parte do açúcar, tanto quanto possível. Uma dieta que é rica em açúcar é uma maneira eficiente de elevar os seus níveis de açúcar em seu sangue. O alto índice glicêmico altera totalmente capacidade de todas as células pancreáticas produzirem também a insulina e faz com que esses vários danos celulares e se tornem totalmente permanentes com o decorrer do tempo.

 

O açúcar também pode causar diversas doenças associadas com a famosa ‘síndrome metabólica’, incluindo toda pressão alta, diabetes e também o envelhecimento acelerado. O açúcar é muito mais perigoso para toda a sua saúde, do que a maioria de sua gordura saturada e o sal. Manter uma dieta totalmente baixo de IG irá ajudar bastante a controlar todo o seu desejo pelo açúcar.
Suplementar em sua dieta com bastante vitaminas e minerais. A vitamina D promove a total produção de insulina e também mantém a sensibilidade à insulina, ao passo a passo que a vitamina B1 é totalmente excretada bem mais rapidamente quando o indivíduo possui a famosa diabetes e sua total deficiência que está por trás de diversas complicações diabéticas. Os minerais, cromo, cálcio e também o magnésio também são bastante importantes para indivíduos que também possuem diabetes.
Durma o suficiente. Quando você pode dormir bastante, seu cérebro secreta um hormônio que é chamado melatonina, de forma que especificamente quando você acorda, todas as suas glândulas suprarrenais produzem exatamente outro hormônio que é chamado serotonina. Esses hormônios afetam totalmente o controle glicêmico, por assim dizer, pessoas que não dormem exatamente o suficiente ou que necessariamente trabalham em diversos turnos irregulares, possuem um maior risco de poder desenvolver diabetes. Um dos mais eficientes remédio para diabetes atualmente é a metformina.
Controle-se. Esta com certeza é realmente a melhor estratégia para evitar ou até mesmo controlar o diabetes. Notícias divulgadas recentemente mostraram o estado mais que lamentável dos cuidados com diabetes de todo o Serviço Nacional de Saúde (SNS). Não aceite que os seus médicos e enfermeiros saibam por vezes melhor, ou até mesmo se possível saibam o que eles estão tentando fazendo.

Leia tudo sobre a diabetes e também sobre o seu tratamento. Pergunte sobre exatamente todo medicamento que lhe for realmente prescrito e se algo não lhe parecer certo, questione!